Confira como é feito o teste para o porte de armas!

teste para porte de armas Alvo Colorido

alvo para teste de tiro

 

 

 

 

 

Alvo Humanoide

 

PROVA TEÓRICA PARA PORTE DE ARMA DE FOGO

Contudo, somente após a aprovação na avaliação psicológica é que o candidato deverá realizar a prova teórica. Essa prova só será válida se for aplicada por Instrutores de Armamento e Tiro IAT credenciados pela Polícia Federal.

A prova teórica será composta de 20 questões objetivas e retiradas dos assuntos constantes da Cartilha de Armamento e Tiro e da legislação vigente: Avex_Lei 10826 e Decreto 5.123/04. Estude e entenda todas as páginas da cartilha de armamento e tiro.

PROVA PRÁTICA PARA PORTE DE ARMA DE FOGO

PARTE I – ALVO SILHUETA HUMANOIDE

-alvo a 5 metros: 10 tiros em 20 segundos (50 pontos possíveis); e

-alvo a 7 metros:10 tiros em 20 segundos (50 pontos possíveis);

-condições para a aprovação: será necessário a obtenção de 60% de aproveitamento em cada uma das séries de 10 tiros, ou seja, no mínimo 30 pontos (uma média mínima de 3 pontos); no total de 60 pontos dos 100 possíveis;

Contudo, durante a verificação, será eliminado o candidato que não observar as regras de segurança e/ou efetuar disparo acidental.

PARTE II – ALVO COLORIDO (alvo 4 cores do tipo fogo central, padrão SAT/ANP)

  • Distânica: alvo colorido a 7 metros;
  • Execução: 24 (vinte e quatro) disparos, divididos em 6 (seis) séries de 4 (quatro) disparos cada, no tempo máximo de 10” (dez segundos por série) subdividido em quatro cores distintas, sendo 2 (dois) disparos em cada cor, conforme comando do aplicador da verificação.
  • O examinador anunciará, aleatoriamente, as cores de dois alvos que terão que, obrigatoriamente, ser atingidos na mesma sequência das cores anunciadas;

Contudo, para os candidatos comprovadamente daltônicos, as cores no alvo colorido receberão números de 1 (um) a 4 (quatro), e o comando do aplicador será dado pelos números;

Pontuação

Para os 24 (vinte e quatro) disparos, a contagem de pontos será feita com base nos valores de 0 (zero), 3 (três), 4 (quatro) e 5 (cinco), impressos no alvo tipo fogo central e de acordo com os locais atingidos pelos projéteis.

  • Caso o projétil corte a linha que separa os valores, será eliminado o de maior valor, para os demais, conforme os impactos no alvo;
  • Será considerado aprovado aquele que obtiver, no mínimo, 60% (sessenta por cento) dos pontos possíveis, ou seja, 72 (setenta e dois) pontos dos 120 (cento e vinte) pontos possíveis;
  • Considerações Adicionais:

  • durante a verificação, será eliminado o candidato que não observar as regras de segurança e/ou efetuar disparo acidental.

Será descontado 05 (cinco) pontos para cada tiro:

– Efetuado após o apito do término do tempo de 10 (dez) segundos estipulado;
– Caso acerte a cor diferente da comandada.

Caso não acerte o alvo (conjunto das 4 cores), perderá aquele tiro, sem sofrer penalidade.

Incidentes de Tiro

Além disso, em caso de incidente de tiro (falha da arma e da munição) na verificação, o candidato executará novamente, após o final da série, os disparos relativos aos cartuchos não deflagrados, no mesmo tempo e posições correspondentes;

Portanto persistindo a falha, serão substituídos os cartuchos, de forma que o candidato possa completar o número de disparos previstos. Será descontado 05 (cinco);

Concluindo, treine bastante para essa avaliação pois uma das maiores dificuldades é o controle emocional.

Como é o teste para porte de armas? Saiba mais aqui.

Avex Assessoria - WhatsApp
Enviar